28 de abril: Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes de Trabalho

Dia 28 de abril é o Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes de Trabalho. Mas, além de lembrá-las, cumpre também aprender, para desenvolver equipamentos, técnicas e procedimentos mais seguros. E, principalmente, prevenir, para perseguir de forma incansável a diminuição destas perdas. Apenas os acidentes com máquinas e equipamentos, no período de 2011 a 2013, somaram 221.843 casos, ou cerca de 17% dos acidentes de trabalho típicos registrados.

Este tipo de acidente matou mais de 600 trabalhadores, entre 2011 e 2013. No mesmo período, segundo os dados das CAT (comunicações de acidentes de trabalho) ao Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), ocorreram 41.993 fraturas (cerca de 270 por dia) e 13.724 amputações (mais de 12 por dia).

O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) publicou em 1978 a Norma Regulamentadora nº 12 (NR-12), que define referências técnicas, princípios fundamentais e medidas de proteção para garantir a saúde e a integridade física dos trabalhadores que utilizam máquinas e equipamentos de todos os tipos durante o trabalho. Entretanto, apesar da regulamentação, os números comprovam que a NR12 não tem sido cumprida.

Segundo o juiz auxiliar do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), Renan Ravel Rodrigues Fagundes, a grande barreira para que as empresas se adequem e cumpram a NR12 é a visão equivocada de que investir em segurança para o meio ambiente de trabalho é uma despesa. Ele analisou: “Para assegurar a segurança do trabalhador, é preciso investir na troca do maquinário ou na inserção de mecanismos de segurança e proteção daquela máquina. Essas ações são vistas, por muitas empresas, como despesa. Na verdade, elas deveriam se adequar às determinações da norma por acreditar que um meio ambiente saudável repercute positivamente em sua imagem” (e também em sua produção).

Eventos sobre o Trabalho Seguro

Nesta terça (28), o TRT-2 e o Programa Trabalho Seguro promovem evento, no vão livre do Museu de Arte de São Paulo (Masp), para orientar a população sobre a prevenção de acidentes e incentivar a adoção de medidas de segurança e proteção à saúde no ambiente de trabalho.

Com o tema “Atrás de cada máquina existe uma vida – pratique o trabalho seguro”, o evento – gratuito e que não requer inscrição prévia – acontece das 9h às 16h e conta com diversas atividades. Entrega de material educativo, palestras, emissão de carteira de trabalho, teste de acuidade visual, exame de glicemia, ginástica laboral. Juízes estão no local para tirar dúvidas dos trabalhadores, e haverá também uma apresentação do Coral dos Correios.

Atuar de forma preventiva é muito mais salutar do que remediar o dano posterior, especialmente no que se refere à vida e à integridade física do trabalhador. Pensando justamente na necessidade da prevenção e nos debates que envolvam este tema – “Acidentes com máquinas e equipamentos” –, também será sobre isso o próximo seminário do programa Trabalho Seguro, em 2015, que acontecerá entre os dias 21 e 23 de outubro.

Fonte: TRT 2ª região